segunda-feira, 19 de agosto de 2013

A Latinha!



A proposta era acomodar a espoja metálica de limpeza, dentro de um recipiente, que fosse prático para limpar posteriormente e que proporcionasse um peso ideal para que não ficasse tombando encima da mesa quando fosse limpar a ponta do soldador.
   Tinha em mente uma latinha de talco pequena quadradinha ou cilíndrica, baixa pois já conta com o buraco da tampa de saída do talco, uma vez removendo ela, já com a borda chanfrada, é só ter o trabalho de acomodar a esponja metálica em seu interior.
   Mas como nunca achamos o que procuramos, dei de frente com a latinha de manteiga, isso mesmo aquela manteiga do potinho laranja, pois ela tem uma versão de 200g do produto e vem com uma tampinha de lata, bom juntei duas coisas úteis em uma só, pois teria que comer a manteiga para usar a lata posteriormente, uma boa desculpa para a patroa, já que sempre ouvia, que “manteiga cara!”
A seguir as fotos ilustrando o quanto é simples de fazer o suporte da espoja metálica para limpar a ponta do soldador.
Na foto ao lado podemos notar que há uma rebarba do rasgo que o abridor de lata fez na latinha, mas isso não seria tão bom quanto fosse pensado pois isso ajudará a segurar a esponja dentro da lata.
Sobre a esponja metálica; é bem fácil de encontrar em qualquer mercado na seção de produtos de limpeza, esta que usamos são molinhas de latão, são tão finas que não agridem a ponteira do soldador, mas faz o seu papel que é limpar aquela crosta de fluxo de solda da ponteira.

Na foto ao lado o pacotinho, é bem pequena e na latinha, para enchê-la será preciso 3 unidades da esponja metálica.
Dando sequência nas fotos é hora de abrir um buraco (janelinha)por onde a espoja ficará aparecendo, um diâmetro suficiente para que possamos passar e espetar a ponta do soldador, e conforme for grudando estanho (latão segura a solda derretida), mas basta depois ir virando a espoja e ou limpando o excesso de sujeira que ficar no interior da latinha.
A vantagem da latar ser de latão você verá na hora de cortar a tampa, fizemos vários furos com uma broca de metal e depois cortamos as ligações com o alicate de corte, com o qual também cortamos os reparos da abertura da tampa.


Após fazer abertura na tampa, basta ajeitar a espoja(s) no interior da lata, moldando-a de tal maneira que não fique escapando as pontas das molinhas da esponja metálica, tem que ficar firme, e bem juntinha para melhor limpar ao inserirmos a ponta do soldador na esponja metálica.
A lata e a tampa tem algumas ranhuras nas laterais ao qual vai segurar a tampa (a dica é escolher na 
hora da compra no supermercado a lata que tem a tampinha mais justa) também pode-se fixar a tampa com cola de silicone quente ou qualquer outra cola que vá fazer o papel de segurar a tampa, sem bem que não há a necessidade.

Outra opção também seria de pintar a latinha com tinta metálica, mas eu particularmente não me importo com a pintura da lata de manteiga, uma vez que a idéia também é de reciclar o material então nada mais justo que manter a pintura original, lhes garanto que vão comentar sobre sua lata de manteiga, bem ou mau, já esta em uso a um bom tempo.

Bom pessoal espero que gostem da sugestão desse maravilhoso suporte de esponja para limpeza da ponta do soldador, e aproveitando é claro da nova configuração da página de nossa loja virtual que agora conta com essa ferramenta bacana de produzir textos com as imagens flutuantes, lembrando páginas de revista. (a bateria de 9V é mero ponto de referencia de tamanho)
É isso ai, bom aproveito e aproveite a manteiga no café da manhã, pois terá um sabor especial!
Márcio R. Ortolan

Nenhum comentário:

Postar um comentário