terça-feira, 20 de agosto de 2013

Erro de escrita - EEPROM

Olá, companheiros hoje trago mais informações sobre eeprom teimosas que mesmo após gravadas e ou regravadas com dados vazios tornam a apresentar seus dados corrompidos e ou falhos causando "n" problemas nos aparelhos em que ela está, seja por defeito externo (descarga atmosférica, curtos e sobrecargas da rede elétrica) e avarias interna no chip, nós da Virtuatec em pesquisa sobre o assunto e com nossa vasta coleção de Cis eeprom com defeitos, a qual guardamos para estudos futuros e agora é a hora de estudá-los e repassar informações da causa e como contorná-la, pois nem sempre o culpado é o CI eeprom e sim detalhes nos gravadores de eeprom e configurações nos programas, e daremos inicio falando um pouco a respeito dos eeprom que reincidem com dados corrompidos.

Clique na imagem  para expandir
Na maioria das vezes recomendamos selecionar a capacidade do eeprom que em nosso exemplo é uma 24C16 8bits setar todos os dados na função "clear buffer" e iniciamos a gravação dos dados em branco, para que não fique resto de dados no eeprom e evitar que eles venham comprometer a nova gravação com dados corretos, notem na imagem acima que no endereço "0000B0" há um dado de valor fixo que o programa não consegue reescrevê-lo.

Muitos tem a mania de ler o eeprom e logo em seguida regravar novamente os mesmo dados, isso é incorreto, não faça isso, pois poderá estar ocultando problema na memória, uma vezes que recolocar os mesmo dados o programa não irá reescrever encima das áreas defeituosas pois irá comparar os dados e um vez sendo o mesmo não há realocação dos bits nos endereços, por isso que uma vez setando os dados em "FF FF" estaremos enviado para todo os endereços e já estão preenchidos bits diferentes, e o programa irá sobre-escrevê-los e se o endereço estiver danificado o programa passa ao endereço seguinte até o final e lhe informará "erro de escrita" ou erro de verificação.

Em funcionamento no aparelho tudo irá funcionar corretamente, até que o microprocessador do aparelho venha escrever dados novos na memória e quando chegar no endereço defeituoso irá entrar em loop eterno na tentativa de ler e escrever encima do endereço defeituoso e isso provocará inúmeros defeitos e má funcionamento das funções etc.

Para admitirmos que o CI está realmente bom, é necessário ter um gravador de eeprom, apropriado e que possa além de transferir alimentação e os pulsos corretamente para o eeprom e fazer uma bateria de testes de leitura e escrita, pois nem sempre o gravador mais caro e ou com maior corrente e tensão nominal a tensão do trabalho do eeprom dará certo, estamos trabalhando em soluções para gravadores já existentes, e de acordo com as descobertas já empregamos as soluções em nossos produtos aos quais já conseguem ler eeprom de a família de 16 bits do 24C16 ao 24C512.

Por hora ficamos por aqui, confiram sempre nossa área de suporte técnico e o guia e dicas, frequentemente estaremos trazendo mais informações para auxiliar a todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário