terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Diagrama esquemático da estação de solda TOYO TS910

Esta estação é bem simples, a utilizo mais para soldagens pesadas, uma vez que sua ponteira de solda é bem larga, chegando a quase 2mm, dá para se utilizar em vários tipos de serviços na bancada, o aquecimento é rápido.

Ponto negativo para a durabilidade, pois a unidade soldadora (ferro de solda) é um pouco fraca, digo o tipo de material utilizado nos acoplamentos da resistência e o cabo, porém a unidade soldadora custa um valor equivalente a um soldador comum, já que não possui o termo-par interno dentro da resistência, e sua ponta de solda uma das mais simples e baratas.
Para quem se pergunta como é o controle de temperatura dela, explico, é utilizado um simples comparador constituído dos dois operacionais do HA17358, um comparador fica sob a resistência e o outro sob o potenciômetro de temperatura, assim se a tensão sobre a resistência for menor que a tensão ajustada pelo ajuste externo, o oscilador 555 é ligado e aquece o soldador, uma vez a tensão se igualando ou passando da tensão ajustada (leia-se temperatura de trabalho) desliga-se o oscilador, assim mantendo a temperatura do soldador.

Não conheço o circuito das estação weller, hikari e Dekel, mas para efeito de comparação são bem parecidas e o circuito de controle de temperatura é bem variado porém tão simples quanto o da TS910 da Toyo.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Fotos da montagem da placa da fonte ajustável

Fotos da montagem da placa da fonte ajustável de 0V a 30V por 10A.


Clique nas imagens para aumentar




Olhando assim parece ser frágil a placa, mas por baixo tem áreas reforçadas com solda e se mesmo assim se for preciso a gosto do usuário, poderá reforçar os pontos de GND1 e GND2 com cabinho rígido de 2mm por cima da placa.


Muito boa esta fonte, e o melhor de tudo, componentes simples e de fácil aquisição no mercado local.