quinta-feira, 23 de março de 2017

Tutorial de montagem fonte regulador fixo 78XX com booster de corrente

Novo modelo, adicionado componentes atualizados e comuns, de fácil montagem e e amplac agama de utilizações, o regulador de tensão é a gosto, bastando que seja observado apenas o valor da tensão de trabalho dos capacitores. A placa pode ser adquirida Clicando Aqui.


A esquerda os resistores equalizadores do regulador 78xx w do transistor booster PNP, a direita a montagem com apenas dois diodos 6A10, este modo é para ser utilizado com transformadores de 3 fios no secundário, o center tap deverá ser ligado ao terminal GND d aplaca.


Para transformadores de 2 fios de secundário, deverá ser montado os 4 diodos 6A10, na foto da esquerda podemos observar o transistor PNP utilizado como booster de corrente, a placa aceita tanto um TIP2955, como um 2SA1943, a corrente de trabalho deste transistor ser somará com a corrente do regulador, lembrando que quanto mais alta a tensão de trabalho, menor será a corrente suportada pelo transistor booster, aos interessados, consultar o gráfico S.O.A.R no datasheet do transistor.

Tutorial de montagem Soft Start

Uma releitura da placa de soft start, publicado na revista elektor com o código 974078-11, foi atualizado o tipo de componente a ser utilizado, para os convencionais de nosso mercado, principalmente o relé utilizado. A placa pode ser adquirida em nossa loja, Clicando Aqui.


 O circuito elétrico continua o mesmo, respeitando a corrente de trabalho, a esquerda podemos ver os resistores que compõe a fonte por reatância e o limitador de corrente da tensão que encherá o capacitor da fonte fazendo com que o rele feche seus contatos NA que tem os resistores de 5W em paralelo a esses resistores.
 Os resistores de 5W, são de 10 Ohms, utilizei os de 47 ohms, apenas porque o circuito em que vou utilizar não necessita de tanta corrente para carregar os capacitores primários. Siga como no diagrama do projeto se for montar como no original. A direita o rele tradicional de 12V por 15A, o capacitor de filtro a qual leva algum tempo para carregar e armar o rele, pode ser de 470uF á 1500uF por 50V ele de certa forma determina o tempo que o rele permanecerá aberto, com o resistores de 5W em série com o aparelho a se alimentado.

 O espaço do fusível acomoda diversos modelos, desde os de cerâmica ao que são apenas suportes de latão, fica a gosto de quem for montar, a furação da placa aceita, terminais na posição vertical ou horizontal.

 O capacitor de reatância, pode ser utilizado diversos tamanhos, esta capacitor de poliéster metalizado é que determina o quanto de corrente teremos para alimentar o rele, valores menores próximos a 100nF por 250V o rele demorará mais para armar, e os 330nF por 250V, o rele leva menos de 1 segundo para atracar conforme descrito no artigo.


terça-feira, 7 de março de 2017

Como embalar kits montados com várias partes

Não é novidade este tipo de embalagem, porém com um pouco de papelão reciclado de caixas de produtos que recebemos na loja é possível fazer com que o kit montado, chegue a casa do cliente, nas mais prefeita condição possível, já que caprichamos na hora da montagem, porque não ter mais esse cuidado com a embalagem.

Papelão de boa qualidade quase nunca jogo fora, sempre preciso de um pedaço aqui e ali para reforçar e ou até mesmo fazer ou completar embalagens, uma vez que não tenho como ter uma caixa para cada produto, mas nada que folhas de papelão e cola quente não resolva.


Fazendo a base da área total que todo o kit vai ocupar, é só ir separando as partes e fixando tiras de papelão de modo que fiquem separadas e tudo bem acomodado. A desmontagem é simples e fácil, é só ir puxando as partes de papelão para ir soltado as partes do kit.


Fixando e dando estrutura a caixa, pequenos pedaços e outras tiras de papelão, ajudarão a fixar as placas de modo que não fique soltas dentro da caixa, assim evitando que se solte partes e que o cliente receba tudo emaranhado dentro da caixa.


Uma identificação do kit montado, plástico filme em volta e pronto, perfeito para guardar no estoque até que seja vendido, protegendo o produto final de poeira, e outras sujeiras que os produtos pegam nas prateleiras.

sábado, 4 de março de 2017

Fonte LM317 com BOOSTER de corrente V2.0

Tutorial de montagem da placa da fonte ajustável de 1,2V á 33V por 5 amperes, a placa pode ser adquirida clicando AQUI.

A modificação da placa corrigi a falta de itens, tais com o potenciômetro de ajuste fino, ponte de diodo com espaço para colocar o 6A10 e trás um regulador de 12V fixo com duas saídas, para alimentar complementos a fonte, como cooler e ou um módulo voltímetro.

A esquerda a inserção dos componentes pequenos, como resistores de 1/8W, 2W e 5W, sendo o resistor de 240Ω, o diodo 1N4007, filtros e transistor BC547do ajuste do regulador LM317, o resistor de 10KΩ e zener de 13V e filtro do circuito regulador de 12V e o resistor de 0R1Ω, equalizador do transistor booster e led indicador na saída. A direita temos a opção de montar apenas dois diodos para a retificação de transformador de 3 fios, 24V_0V_24V, usando apenas D3 e D5, note que deverá ser utilizado o GND que está  sob os diodos D2 e D4 para o 0V.
 Já com a opção de ponte retificadora utilizando D2, D3, D4 e D5, e os dois fios do transformador deverão ser ligados em AC1 e AC2. A direita temos os conectores de saída e terminais auxiliares dos 12V.

Instalando os transistores e regulador, a esquerda o transistor PNP booster de corrente, ao centro o regulador LM317 e a direita o TIP 41C configurado como regulador em série de 12V, podendo fornecer 12V sob 1A, todos os três deverão ser colocados ou fixados em dissipador compatível, cada um com seu respectivo isolador elétrico, bucha isoladora e parafuso.


Preparando o potenciômetro de ajuste fino, essa dica é necessária caso se venha a utilizar o potenciômetro fixo na placa e evitar que o mesmo venha a entortar os terminais e até mesmo quebrar, basta soldar um pino dourado na carcaça, a placa já conta com a posição deste terminal, já o potenciômetro de ajuste grosso, propositalmente escolhido como duplo, para termos maior resistência mecânica e poder controlar mais corrente, sendo que em paralelo a ele há o transistor BC547 que atua como cão de guarda caso o potenciômetro venha a falhar e elevar a saída ao máximo da fonte, caso venha ocorrer o transistor põe o terminal de ajuste do regulador ao GND e a saída ficará em 1,2V.

Adicionando o dissipador, este utilizado pode ser encontrado facilmente no mercado eletrônico, com o código NT006-50 com dimensões de 60x 50x 25 mm, esta medida é para ser utilizado com ventilador, sempre resfriando o dissipador, se for utilizar apenas o dissipador, o mesmo deverá ser compatível com a dissipação de pelo menos 150W. Os capacitores de filtro da retificação deverão ser colocados por ultimo, pois se colocados antes, atrapalharão a fixação dos transistores ao dissipador, estes capacitores tem seu diâmetro de 16 mm tipico para capacitores de voltagem de 35V.


 Após a soldagem de todos os componentes, fazer a limpeza com álcool isopropílico e inspeção visual ou até mesmo colocar a placa contra a luz a fim de detectar alguma falha causada pela soldagem, se tudo certo a placa já esta pronta para uso, é só alocar ela em um gabinete de sua escolha, o custo médio total desta montagem dependerá do preço local, algo entorno de R$50 reais, não levando em conta fretes, caso venha comprar o material pelos correios, nesse caso poderá haver um aumento no custo final de até 50% do valor base.