sábado, 22 de abril de 2017

Amplificador AB 100W

Montagem da placa do amplificador classe AB de 100W em 4 Ohms, a placa (kit de placas com o protetor DC grátis) pode ser adquirida neste link AQUI.


Clique nas imagens para ampliar.


 Inciando com a colocação dos diodos, jumpers e suporte dos fusíveis, D3 á D5 deve ser obrigatório o uso de diodos de 1A, tipo 1N4007, diodos tradicionais de 100mA não vão suportar a corrente de polarização dos drives dos transistores de saída. Na segunda imagem, os resistores conforme lista de material da placa, não é necessário ser resistores de precisão, tirando os dois de 5W os demais são de 1/8W, os fusíveis pelos testes achei por melhor subir seu valor para evitar de ficar queimando a toa, quando há picos de mais de 6A por rail de voltagem.

Bornes KRE, terminal Faston, e conector de entrada KK, estas opções foram proposital já que adéquam melhor a necessidade, foi acrescentado mais uma tomada de GND, ficando +42V e GND e no outro GND e -42V, para o alto falante basta pegar um GND qualquer e o terminal Faston OUT, os transistores menores são BC546C e BC556C, já os drives são MJE340 e MJE350 (não se deve utilizar BDs de média potencia aqui, queimam com facilidade).


 Componentes finais, capacitores cerâmicos, poliéster e eletrolíticos, finalizando com um dissipador médio (foi preciso um cooler) nos testes obtive os resultados abaixo:

  1. Potencia de saída 100W em 4 Ohms.
  2. Ruído ao ligar quando a impedância não for casada adequadamente ou quando ligar sem um potenciômetro na entrada de baixo valor (10K).
  3. Ao desligar, quando a tensão de +vcc cair abaixo de 35V, o transistor NPN de potencia é levado a saturação e toda a tensão do +35 vcc armazenada nos capacitores da fonte é descarregada via alto falante e GND. (Estou trabalhando nesse ponto, assim que tiver a solução do boop ao desligar coloco aqui, bem provável que tenha valor de componente errado no circuito)
Por hora esta funcionando bem, com a plaquinha do protetor DC, é só ligar a placa via resistor de 220 Ohms na fonte de +42V do amplificador e conectar os alto falantes a ela.
  

terça-feira, 18 de abril de 2017

Tutorial de montagem do vu meter SHC5500M

Este Vu-meter era empregado no sytem 3em1 modelo SHC5500M da marca CCE, trata-se de um circuito custo benefício para aquela época, são 5 leds por canal, distribuídos em série formando os 12V da alimentação, e em paralelo a uma rede resistiva, a qual garante o acendimento em sequencia da barra, mesmo que mínimo o efeito da barra, é eficiente ao propósito, pela quantidade e componentes simples, A placa pode ser adquirida em nossa loja clicando AQUI.


 Clique nas imagens para ampliar! 
Antes de inciar a montagem tenha em mãos todas as ferramentas necessárias e auxiliares a montagem, assim como a limpeza da placa com álcool isopropílico, a qual ajudará na soldagem dos terminais dos componentes. A direita a soldagem dos diodos 1N4148, são retificadores do sinal de áudio e a esquerda os resistores.


Os transistores NPN, inseridos a modo de que fique abaixo dos leds no final da montagem, afim de que somente os leds fiquem acima dos demais componentes, isso facilitará a fixação da placa ao painel de sua montagem final, o mesmo com os condessadores eletrolíticos, posicionados na vertical.


 Foi utilizado nesta demostração leds azuis e vermelho, essa modificação resulta em uma tensão final da quantidade de leds na ordem de 2 volts a mais no funcionamento do circuito, ao invés de 12V utilizando leds verde, amarelo e vermelho, com o azul e vermelho o funcionamento ideal ficou em 13V á 14V. Apos a inserção dos últimos componentes uma verificação da soldagem e trilhas, para verificar possível curtos circuitos e ou falhas, é só colocar a placa contra a luz da luminária.


Placa finalizada, na correria do trabalho não deu tempo de recortar as fotos e acabou saindo no fundo o aparato que utilizei no ajuste de altura do foco da câmera, mas ignorem a composição do fundo por favor. Abaixo o vídeo d aplaca funcionando em um amplificador com saída na potencia de uns 3W, como os leds são de alto brilho, a sensibilidade da câmera foi reduzida, o que deixou uma imagem ruim, porém é possível verificar o funcionamento.